Resenha | A Garota Dele, de Simone Elkeles

Vic, um garoto de 18 anos, é o clássico bad boy. Ele sabe arrumar uma encrenca, tem toda a marra necessária para fazer com que qualquer pessoa o olhe com maus olhos e não hesita antes de fazer qualquer besteira. Exceto por uma: fazer por onde ficar com Monika.

Monika é a exceção por um único motivo. Ela é namorada do seu melhor amigo, Trey, e Vic pode ser muitas coisas, mas jamais trairia a confiança de um amigo – ele é extremamente leal. Não investir nela é a única regra que ele se recusa a quebrar.

Na reta final do ensino médio, Vic tem seu futuro garantido por ser muito bom nos esportes. Trey, por sua vez, está extremamente estressado com as provas finais. Sem tempo, dedicado totalmente ao estudo e bastante mal humorado diante de todas as preocupações, ele acaba descontando o peso na sua namorada e uma série de desdobramentos faz com que Monika e Vic acabem se aproximando.

Narrado por Victor e Monika, o young adult traz todos os dramas que o gênero geralmente traz. A escrita de Simone Elkeles é leve, então flui e mal sentimos as páginas passando. É interessante como a autora traz temas para o livro, como drogas, família e amizade, abordando-os de um jeito que cabe na história e os desenvolvendo quando necessário.

Os protagonistas são bem explorados e é interessante como a autora traz um relacionamento abusivo para a narrativa. É incômodo de ler o que está acontecendo e como as informações e histórias são manipuladas, mas, ao mesmo tempo, é um tema importante de ser representado.

Positivo ou não, acho que faltou aprofundar alguns assuntos. É diferente quando uma crítica é muito bem aproveitada, mas o foco ficou na formação do casal, e a autora deixou todos os demais assuntos na superficialidade. É um livro que se lê rápido, e sem dúvida recomendo para quem quer ler algo leve. Mas é bom ir assim: sem esperar grandes aprofundamentos.

O Clube de Leitura de Jane Austen, de Karen Joy Fowler

O Clube de Leitura de Jane Austen, livro que inspirou o filme de mesmo título lançado em 2007, sai pela editora Rocco este mês. São 320 páginas, vendidas por R$39,50. A tradução ficou por conta de Angela Pessôa. A principal ligação entre os personagens dessa história é Jane Austen, autora de diversos clássicos britânicos. Jocelyn, […]

Resenha | Talvez um Dia, de Colleen Hoover

É o aniversário de 22 anos de Sydney, mas as coisas não poderiam ter dado mais errado. Ela espera chegar em casa, uma casa que divide com sua melhor amiga, Tori, e encontrar tanto ela quanto seu namorado cantando parabéns, com um bolo bonito nas mãos, enquanto alguns amigos gritam “surpresa!”. O que encontra, entretanto, […]

Iniciativas | Caslu

A Caslu nasceu em outubro de 2013 e é uma iniciativa da Fernanda Gentil. Seu propósito recolher doações, por meio da venda de camisas, para ajudar instituições que cuidam de crianças que enfrentam diversas situações como doenças ou por serem órfãs. Cada camisa custa R$70,00 e pode ser adquirida pelo próprio site da iniciativa. A […]

Resenha | Vozes de Tchernóbil, de Svetlana Aleksievitch

Em Vozes de Tchernóbil a bielorrusa Svetlana Aleksievitch expõe a realidade do acidente nuclear de Chernobyl após anos de pesquisas e entrevistas. O livro foi publicado em 2015, 30 anos após o desastre e rendeu à autora o prêmio Nobel de literatura. Antes de qualquer coisa, preciso expor minha impressão de que o livro é […]