O Enigma de Blackthorn, de Kevin Sands, inicia a série Christopher Rowe

Livro O Enigma de Blackthorn, de Kevin Sands O Enigma de Blackthorn é o primeiro volume da série Christopher Rowe, escrita por Kevin Sands. Com 352 páginas, o livro de fantasia está sendo vendido por R$35,90 e é lançamento da editora LeYa — responsável pela publicação da série Guerra dos Tronos, cujo próximo livro está previsto para agosto.

A promessa é uma história de perder o fôlego, com bastante suspense e altas doses de mistério, sem contar com as personagens inesquecíveis. Após uma série de assassinatos, a história se volta a um aprendiz de boticário que precisa solucionar enigmas e decifrar códigos para descobrir o segredo capaz de destruir o mundo.

A narrativa é repleta de poções e quebra-cabeças, com algumas explosões necessárias. Tudo capaz de acontecer em um dia de trabalho simples do aprendiz Christopher Rowe. O que ele ainda não sabe é que este é um momento terrível para ser assistente de Benedict Blackthorn: uma série de assassinatos mostra as verdadeiras caras de Londres, e parece que ele está na mira do assassino.

Seus aliados são, também, seus melhores amigos; e suas únicas pistas não passam de uma mensagem codificada sobre o projeto mais perigoso do seu mestre. Ainda por cima, há um aviso: “Não conte a ninguém”. Entre se tornar a próxima vítima e desvendar o código, ele não medirá esforços para descobrir o que — ou quem — está atrás disso tudo.

Vale ressaltar que o primeiro volume foi muito bem aceito nos Estados Unidos, e o segundo foi lançado em setembro de 2016.

Mulheres na Literatura: um questionamento social

Quantas mulheres escritoras lemos por ano? Quantas fazem parte do cânone literário? Quantas são consideradas clássicas na literatura brasileira? E quantas publicaram como anônimas ou com pseudônimo masculino? Não é de hoje esse questionamento. As mulheres, não só na literatura, eram consideradas menores que os homens, com intelectual passível de ser questionado. Por muito tempo, […]

Frankenstein, ou o Prometeu Moderno, de Mary Shelley

Frankenstein, ou o Prometeu Moderno, escrito por Mary Shelley, é lançamento da DarkSide Books. Com 304 páginas e preço de R$47,90, o livro promete um reencontro memorável com a personagem Frankenstein. A história você já deve conhecer. Victor é um cientista cuja juventude é dedicada a descobrir formas de reanimar tecidos mortos e gerar vida […]

Edgar Allan Poe: Medo Clássico é lançamento da DarkSide

Edgar Allan Poe: Medo Clássico é lançamento da DarkSide Books e, com 384 páginas, é uma homenagem ao mestre do terror. Além da capa dura e da tradução cuidadosamente feita por Marcia Heloisa, pesquisadora do gênero, o livro ainda conta com ilustrações em xilogravura criadas por Ramon Rodrigues, artista gráfico de Florianópolis que fez residência […]

Revista | Se arte é sentimento…

Conversando com duas pessoas, entendi que mais que uma definição em linhas curtas e palavras diretas, arte é aquilo que nos faz sentir. É passar por tantas obras em um museu e parar em frente a uma específica. Entender sua cor. Observar sua textura. Sentir alegria, tristeza, conforto, sentir-se compreendido. É, naturalmente, projeção. Arte é […]

Revista | Maquiagem: uma arte que faz bem

Sabe, nunca fui daquelas meninas loucas por maquiagem. Quando ganhava alguma, simplesmente deixava de lado em algum canto mofando ou dava pra minha prima que gostava. Preferia mil vezes brincar de boneca, ou qualquer coisa. Aliás, nunca fui vaidosa também. Mamãe fazia penteados e tudo mais, só que o máximo MESMO que eu passava era […]

Revista | Fotografia: O ser Artista

Em uma conversa de bar com uma amiga discutíamos exatamente sobre meu bloqueio em escrever qualquer coisa relacionada à fotografia. Ela me perguntou: e o que você gosta de falar sobre isso? Pensei por uns momentos mais breves do que pareciam ser e respondi: Eu sou uma pessoa que mais escuta do que fala. Escuto […]

Revista | Pole dance é também liberdade

Ao pensar em pole dance as primeiras imagens que surgem na cabeça da maioria das pessoas são: dança de boate e strippers. E essas imagens foram reforçadas ao longo dos anos por filmes hollywoodianos, novelas e clipes musicais. Afinal, quem é que não lembra da Demi Moore dançando em Striptease? Ou, no caso do Brasil, […]