10 Young Adults para quem quer mudar o mundo

O Versificados tem um objetivo: mudar o mundo para melhor ao incentivar a leitura. “Mas como assim?”, você pode perguntar. Bem, em resumo, acreditamos com toda nossa alma que a leitura faz a diferença na vida das pessoas. E, considerando a frase de Mário Quintana (abaixo), acho que estamos mesmo no caminho certo.

Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas.

Livro não tem sexo ou idade, você pode ter alguém lendo para você ou você consigo mesmo lendo um livro maravilhoso. Ao acreditar nisso – que não são só os clássicos que fazem a diferença – fizemos uma lista de dez young adults para quem quer mudar o mundo. Mas sem planos malévolos, ok?

10 young adults para quem quer mudar o mundo

Todo Dia, de David Levithan
publicado por Galera Record, vendido por R$35,00 || confira resenha
“Lendo Todo Dia, compreendi coisas que antes não me eram perceptíveis, notei que as pessoas podem ser sempre melhores do que elas são, ri, chorei e torci pelo personagem principal. Todo Dia sempre será minha primeira indicação para jovens adultos.”

Willow, de Julia Hoban
publicado por LeYa, vendido por R$39,90
Willow não tem medo de falar sobre a depressão em seu estado mais puro: a personagem sabe emocionar, o livro prende a atenção e mostra, realisticamente, um tema que ou ainda é tabu ou é considerado pura besteira.

Fale!, de Laurie Halse Anderson
publicado por Valentina, vendido por R$34,90 || confira resenha
“Como o livro tem poucas falas, por exemplo, essencial para entender o contexto particular da personagem. Ou como é preciso sair do silêncio a fim de conseguir seguir a vida da melhor forma possível.” Em suma, um livro incrível, escrito por uma autora incrível, que já passou por muita coisa na vida.

Perdão, Leonard Peacock, de Matthew Quick
publicado por Intrínseca, vendido por R$34,90 || confira resenha
“Inteligente e irônica, é muito mais que uma simples história. Ela questiona formas de agir e pensar, repensa ações e reações e propõe um tema que surpreende pelo jeito que é tratado. É uma face também pautada pela tristeza, mas, mais que isso, pela superação.”

À Procura de Audrey, de Sophie Kinsella
publicado por Galera Record, vendido por R$35,00 || confira resenha
“Porque é realístico, porque falta conhecimento a todos os não envolvidos, porque as pessoas ainda se preocupam se devem ou não falar do assunto, tudo para evitar preconceitos ou diminuições.”

10 young adults para quem quer mudar o mundo

Claros Sinais de Loucura, de Karen Harrington
publicado por Intrínseca, vendido por R$29,90 || confira resenha
“Mas, também, loucura só é problema quando se firma dessa forma. Palavras não conseguirão explicar o livro com perfeição, então recomendo que leia. E viva. Quem sabe sua loucura também não é o que te mantém firme?”

Passarinha, de Kathryn Erskine
publicado por Valentina, vendido por R$34,90 || confira resenha
Inocência e uma realidade dura são pautas para esse livro, que nos traz uma leitura sobre o autismo, a morte e a superação de uma família que não temos como não admirar.

Lola e o Garoto da Casa ao Lado, de Stephanie Perkins
publicado por Novo Conceito, vendido por R$34,90 || confira resenha
Qualquer livro da Stephanie Perkins é absolutamente fofo. Mas Lola e o Garoto da Casa ao Lado me chama atenção pela personagem principal, que você vai querer julgar e não vai poder por se apaixonar por ela, e seus pais. Tem forma mais bacana de abordar a homossexualidade do que essa? Não. É simplesmente perfeito.

Quem É Você, Alasca?, de John Green
publicado por Intrínseca, vendido por R$29,90
John Green dispensa comentários para qualquer um de seus livros. Este talvez seja o que mais cabe selecionar para essa lista, pela realidade, sofrimento, dor e superação que envolvem numa escrita que não tem como não gostar.

Extraordinário, de R.J. Palacio
publicado por Intrínseca, vendido por R$29,90 || confira resenha
Já passou da época de aceitarmos quem somos. Para todo mundo que já se sentiu um pouco diferente do que seria totalmente aceito pelo grupo social e família, vamos mostrar ao mundo que ser diferente é o que nos torna incríveis?


Você também pode gostar de conhecer 5 New Adults para quem está no Ensino Médio.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

3 comentários

  1. Vanessa Bittencourt em

    Que lista maravilhosa! Desses aí eu só não li ainda Passarinha, Willow e À Procura de Audrey, mas espero ler em breve. Todo Dia e Fale! são livros inesquecíveis!

    Responder
    1. Camille Labanca em

      É o kit perfeito para mudar o mundo, não é? Esses livros + vontade = <3

      Responder
  2. Patty em

    Cami, eu adorei a lista. Acho que só trocaria Looking for Alaska por Paper Towns. Concordo que o JG retrata a dor e o sofrimento dos personagens de uma maneira incrivelmente verossímil em LFA, mas na minha humilde opinião, o debate sobre identidade que rola em PT é muito importante e anda muito em falta nos dias de hoje.

    Beijocas

    Responder