Muitos Gêneros, Melhores Livros

Livro Gente que Lê: Muitos Gêneros, Melhores Livros Por Janaina Barreto
exclusivamente para Beletristas. Proibida cópia total ou parcial

Na Ilha, de Tracey Garvis Graves
288 páginas – Intrínseca
(compre)

Simplesmente porque é amorzinho demais! Nunca tinha torcido tanto por um casal e, que eu me lembre, nunca tinha lido uma história com um “ambiente” tão fora do comum de um jeito que desse certo como foi em “Na ilha”.

Minha única recomendação é: se você estuda e/ou trabalha, leia durante o fim de semana porque, uma vez iniciada a leitura, você não consegue comer e/ou dormir até saber como termina essa história. TJ, por favor, vem cá.

Menina de Vinte, de Sophie Kinsella
496 páginas – Record
(compre)

Porque Sophie é a diva do chick-lit, rainha das histórias mais amalucadas e doces! Este é, sem dúvida, o meu favorito dela. Apesar de a parte romântica ter ficado um pouco de lado (e não ser tão convincente), eu amei!

O foco neste livro é mais a amizade e, neste caso, uma amizade diferente: uma garota real, do nosso tempo e outra, uma garota dos anos vinte (daí o nome da história), ou seja, um fantasma!

Este toque meio sobrenatural foi o diferencial na história, a parte mais divertida pois deu margem à situações hilárias. Sobre o final: impossível não chorar.

Livro Gente que Lê: Muitos Gêneros, Melhores Livros

Eu Sou o Mensageiro, de Markus Zusak
320 páginas – Intrínseca
(compre)

Porque é Zusak, porque tem Porteiro, porque tem Ed. Depois de chorar todas as lágrimas lendo “A menina que roubava livros”, confesso que, com este, esperava um livro tão grandioso quanto o anterior.

E aí que não foi bem isso… Foi melhor! Em “Eu sou o mensageiro” Zusak me mostrou que é bom se acostumar com a surpresa que cada livro que ele escreve pode ser, que ele escreve diferente mesmo e que cada livro dele cativa, apaixona.

Este é o tipo de livro que eu tenho vontade de comprar de novo (sério mesmo) só porque eu sei que não vai ser mais um na estante.

Esposa 22, de Melanie Gideon
397 páginas – Intrínseca
(compre)

Porque é uma história diferente e divertida, que fala principalmente sobre amor (porque esperar uma leitura que falasse de outra coisa, se sou eu que leio, não é hehe), mas um amor mais maduro, aquele que se modifica depois do casamento e filhos.

O bacana neste livro é como os protagonistas vão se redescobrindo, mas até os personagens secundários são cativantes! A narrativa é bem diferenciada também: são diálogos, e-mails, postagens nas redes sociais. E o final é de morrer de amor!

Muitos Gêneros, Melhores Livros

Amor em Minúscula, de Francesc Miralles
288 páginas – Record
(compre)

Porque Francesc é simplesmente o autor mais maravilhoso do mundo! rs Não, falando sério, eu acho realmente que todo mundo deveria ler este livro, principalmente:

1) pessoas solitárias, acostumadas a viver distante de todos, vivendo sua vida a cada dia, sem muita perspectiva de mudanças e
2) pessoas que acreditam na simplicidade e importância do amor.

Esse gatinho da capa é o ponta-pé que o protagonista, Samuel (amor literário da minha vida), a realmente começar a viver a vida, com todas as alegrias e desencontros que ela traz. Uma história bonita, singela (às vezes maluca) sobre amizade e, claro, amor.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

4 comentários

  1. Caline em

    Oi Jana

    Já começo esse comentário solicitando um segundo post com mais indicações. O problema é que dos cinco livros que você citou eu já li dois e tenho um na espera. Na Ilha e Esposa 22 estão na minha lista de favoritos e são muito amor mesmo.
    Estou decidindo quando ler Menina de Vinte, tenho birra com a SK.
    Se tem uma autor que eu preciso ler urgente é esse tal de Francesc Miralles e tudo por sua causa.

    Beijos

    Responder
    1. Jana em

      São mesmo, não é? Lindos, uns amores ?
      Eu acho que você realmente devia ler este. E se não gostar, melhor desistir de Sophie. ><

      Francesc ?

      Responder
  2. Angélica Roz em

    Oi Jana! Adorei o post! E, assim como a Caline, fiquei desejando mais indicações… 😀
    Você me deixou curiosa quanto ao livro Amor em Minúscula. Vai direto para os desejados!
    Na Ilha e Menina de Vinte ainda não li. Já, Esposa 22, li e não gostei.
    Belo post! 🙂
    Beijos!

    Responder
    1. Jana em

      oi, Angélica! Só de Amor em minúscula ter ido pros seus desejados, eu já fiquei feliz ? E ainda não consigo acreditar que você não gostou de Esposa 22 </3 Mas acho que entendo o motivo. ^^

      Beijo!

      Responder