Mateus Sacoman no Minuto Unesp

Mateus Sacoman, colunista de literatura e história aqui no Beletristas, foi entrevistado recentemente no programa Minuto Unesp – ganhando destaque no canal de vídeos da universidade. O tema? Sua pesquisa de mestrado, orientada pelo Prof. Dr. Marcos Sorrilha Pinheiro. Vem ver!

O estudo analisa o escritor, dramaturgo, ensaísta e crítico literário, Mario Vargas Llosa, que foi laureado com o prêmio Nobel de Literatura no ano de 2010 e tornou-se uma das principais figuras intelectuais do Peru contemporâneo.

Muitos de seus livros foram influenciados pela sua percepção sobre a sociedade peruana e suas próprias experiências, alcançando reconhecimento com obras como Los Jefes, La ciudad e los perros, La Casa Verde, Los Cachorros e Conversación en la Catedral. Estas foram produzidas em um período conturbado da sociedade peruana, imersa no processo de modernização e migração interna da serra para a costa durante as décadas de 1950 e 1960.

E são estas obras que se tornaram objeto de investigação neste estudo, que visou analisar o escritor peruano como um literato engajado que intervém em sua sociedade também através dos romances, utilizando-os como instrumento para se expressar. Procurando compreender também, até que ponto suas obras das décadas de 1950 e 1960 dialogam com outras áreas do conhecimento nos debates sobre os problemas enfrentados por sua sociedade.

Buscou, ainda, entender as concepções sobre literatura, romance e o papel do literato para Vargas Llosa, com o intuito de situá-lo em sua trajetória intelectual, partindo do pressuposto que os romances estudados nesta pesquisa podem ser compreendidos como uma oportunidade que lhe garante a expressão de sua inquietude intelectual em busca de estabelecer tipificações e interpretações em torno da realidade peruana e latino-americana.

Pretendeu-se também identificar como os enredos do romance demonstram essas transformações, levando em consideração a literatura engajada proposta pelo literato e como essas mudanças ocorreram e levaram a uma reconfiguração do modo de compreender o conceito de criollo, investigando profundamente as relações sociais entre os habitantes já residentes em Lima e os migrantes advindos da serra.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook