[Resenha] A Playlist de Hayden, de Michelle Falkoff

A Playlist de Hayden
Autor(a): Michelle Falkoff
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Avaliação: 4.5
Capa: 5 Diagramação: 4.5 Conteúdo: 4

Temática intensa, escrita leve

Sam vai até a casa de Hayden, seu melhor amigo, e tenta acordá-lo. Quando Hayden não acorda, pensa que pode ser resultado de uma ressaca após a festa do dia anterior. O problema é que ele não está dormindo, está morto. Suicídio.

Hayden deixa um recado, uma playlist que, segundo ele, Sam precisa apenas ouvir para entender seus motivos. Claro que Sam ouve e claro que não entende absolutamente nada. Só que como aceitar a morte do seu melhor amigo, sendo que você jamais imaginou que isso poderia acontecer? Sam não entende e até mesmo se culpa por não ter visto que tinha algo terrivelmente errado e ter feito alguma coisa – qualquer coisa – que fosse mudar aquela realidade.

A Playlist de Hayden é uma viagem de quem ainda está vivo para entender a morte de outra pessoa. Entretanto, ao voltar ao passado e entender pouco a pouco os motivos de Hayden, e aceitar que pessoas que faziam bullying com os dois continuavam seguindo suas vidas, a vida do próprio Sam vai mudando.

A coisa mais legal do livro foi poder acompanhar o crescimento de Sam como pessoa. Como ele é no início do livro e como vai se desenvolvendo, entendo coisas que antes apenas passavam desapercebidas. A temática do livro é bastante intensa, mas a narrativa não é pesada, então a leitura é fluida e tranquila.

Não consegui exatamente me apegar às personagens, mas gostei de como o bullying foi falado e como a descoberta do que aconteceu na festa se deu, passo a passo, pista por pista. Foi intrigante, assim como a caracterização de personagens secundários.

Deu pra ver que a autora tentou criar uma história com mensagens realmente importantes, e conseguiu. É claro que a escrita poderia ter sido um pouco mais dinâmica, mas o final compensou. Recomendo a leitura.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook