Resenha | Again, de Brandy Jeffus

Again
Autor(a): Brandy Jeffus
Editora: CreateSpace
Avaliação: 3.7
Capa: 4.5 Diagramação: 3.5 Conteúdo: 3

Uma história sobre amor e segundas chances.

Eli e Bonnie eram uma constante em meio a tantas mudanças. E se cinco anos e um pedido de casamento não fossem suficientes para provar isso, nada mais seria. Era esse pensamento que dava segurança à Bonnie, até ele falar do grande erro.

O fim veio com uma dose de verdade, um caminhão de tristeza e encerrou com um ônibus partindo para a estrada e shows de rock. Era o ponto final para a história que todos juravam que ia dar certo. Não era o ponto final para eles, entretanto.

Quando sua mãe sofre um acidente, Bonnie se vê obrigada a escolher e, sem pensar duas vezes, escolhe sua própria família – aquela que deixou tantos anos antes. Infelizmente, quem estava com ela no momento mais complicado era Eli.

Do reencontro em um hospital até um relacionamento, entretanto, há um longo caminho a ser percorrido. É esse caminho que torna Again uma história interessante, ainda que muitas vezes tropece em clichês.

Brandy Jeffus tem uma escrita boa, mas não excelente, que prende nossa atenção e torna as 166 páginas um flash. Todavia a todo momento parece que há algo faltando, descobrir o que é que foi uma missão.

O romance entre as personagens é fofo, esperado para um livro do gênero e bem aceito. Não há um aprofundamento em suas relações externas (e, de repente, aí está o grande problema do livro), retendo-se única e exclusivamente à superfície e ao casal.

É difícil não simpatizar com as demais personagens e mesmo que saibamos muito pouco delas, elas são coerentes e mostram sua importância nas decisões de Bonnie. Os lugares comuns também não recebem tanta atenção e acabam sendo mais que secundários. Por exemplo: como ele entrou no quarto dela, que estava repleto de lembranças deles dois juntos, e ela não comentou nada – nem para si mesma?

Pelo romance, o livro vale a pena e quem procura algo tranquilo, rápido, direto e superficial, Again é uma boa escolha. Quem está mais interessado em como as coisas se desenvolvem, como as personagens se cruzam e interagem, bom, o livro deixa a desejar.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook