[Resenha] Álbum de Casamento, de Nora Roberts

Álbum de Casamento
Autor(a): Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Avaliação: 4.3
Capa: 5 Diagramação: 3.5 Conteúdo: 4.5

Leve, engraçado e romântico como só alguns chick lits conseguem ser.

Mac é a fotógrafa da Votos, uma empresa criada por ela e mais três amigas: Parker, Emma, Laurel. Muito bem sucedida, decidiu seguir esse ramo após uma foto muito marcante que tirou de suas amigas na época que brincavam de Casamento – quando todas tinham seu momento “eu aceito” infinitas vezes com os pares mais diversificados. Às vezes eram com elas mesmas, outras com o gato/cachorro, com o irmão de uma das meninas, não importava.

A Votos está numa fase boa, com muitos casamentos, possibilidades de novos negócios e reuniões assim que o dia começa. Não foi diferente no dia que Carter apareceu após Mac ter sujado a blusa e a tirado para lavar. O diferente é que Carter, que estudou com Mac há muito tempo atrás, acabou batendo com o cabeça na parede enquanto desviava para não a ver só de sutiã.

É assim que começa Álbum de Casamento, o primeiro de uma série de quatro livros que será publicada a cada seis meses. Escrito pela incrível Nora Roberts é, sem dúvida, um dos melhores da autora no gênero chick lit.

O livro tem uma narrativa leve do início ao fim, com personagens marcantes – todas as quatro mulheres têm uma personalidade forte e caraterísticas bem específicas -, e mistura romance e comédia em todos os capítulos. Mesmo quando temos que encarar o drama da mãe de Mac, que é manipuladora e, em suma, um saco, estamos envolvidos na história.

Carter é apaixonante e totalmente diferente do galã que muitas vezes acompanha esses gêneros. Ele é desastrado e nerd, mas de personalidade forte e sabe muito bem como se comportar entre quatro paredes. É gentil, protetor, ainda que ao seu jeito de ser. Mac, por sua vez, tem seus traumas, mas não está totalmente fechada para o amor. Ela pode ter (e tem) seus surtos, mas logo volta para arriscar um pouquinho outra vez.

É por isso que, mesmo em meio ao clichê, o livro não se torna chato. Previsível? Talvez, mas em nenhum momento isso prejudica a leitura, tirando o gostinho de quero mais. Ao contrário, pela escrita única, é impossível largar Álbum de Casamento até mesmo nas partes mais batidas e necessárias do chick lit.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

2 comentários

  1. Ana Kamilla em

    Me apaixonei apenas lendo a resenha, imagina quando estiver lendo ^^
    🙂

    Responder