Resenha | Auggie & Eu, de R.J. Palacio

Auggie & Eu
Autor(a): R.J. Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 326
Avaliação: 5
Capa: 5 Diagramação: 5 Conteúdo: 5

Após ter lido os ebooks de O Capítulo do Julian (que eu amei, amei, amei e amarei eternamente) e Plutão (fofo demais da conta), a sensação de prazer ao saber do lançamento de Auggie & Eu foi tamanha que precisei de uns momentos de apreciação.

Dito isso, gostaria de complementar com dois outros detalhes, estes mais relevantes: a capa e diagramação ficaram lindas, assim como as separações das três histórias. Minha preferência pel’O Capítulo de Julian permanece – aquele final me tira o chão e constrói um novo ao mesmo tempo – mas não tem como não gostar de Shingaling. Por causa das duas outras resenhas, esta terá foco na última história de Extraordinário.

Charlotte é convidada pelo diretor da escola para das as boas vindas ao novo aluno: Auggie. O convite não foi feito à toa: ela é extremamente inteligente, não está preocupada em ser o centro das atenções e sabe ser bastante altruísta.

Tudo caminhava da melhor forma possível – o que não necessariamente é algo bom, conforme vimos em Extraordinário – quando surge uma competição de dança. Três meninas são escolhidas para dançar shingaling: Charlotte, Ximena e Summer.

Ainda que os outros livros tenham girado muito mais em torno da história do livro principal, este tem uma proposta mais distante. August está presente, mas nada como em O Capítulo de Julian. Aqui o foco está na competição e na vida de Charlotte sem envolver Auggie em todos os detalhes.

Nem por isso a história é ruim. A escrita de R.J. Palacio conquista mais uma vez, conseguindo ser doce, suave e trazer um universo mais jovem pelo qual não tenho me sentido exatamente atraída. Isso não aconteceu aqui, entretanto. Foi um conto que li rápido e, de novo, fiquei apaixonada. Recomendadíssimo.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook