[Resenha] Criatividade S.A., de Ed Catmull

Criatividade S.A.
Autor(a): Ed Catmull
Editora: Rocco
Páginas: 320
Avaliação: 4.7
Capa: 5 Diagramação: 4 Conteúdo: 5

Gosta de negócios? Então vem comigo que vai valer a pena

Para quem não sabe, Ed Catmull, autor deste livro, é um dos três criadores da Pixar. Hoje, com 70 anos, ele é CEO da mesma e da Walt Disney Animation Studios. Detalhe: ele trabalhou para a Lucasfilm.

Criatividade S.A. mostra caminhos para lidar com o fracasso e sucesso empresarial. Mas não se deixe enganar: não é um passo a passo do que fazer ou não fazer, é explicação, através de exemplos próprios, de como as coisas podem sair do fundo do poço para o total sucesso.

E, importante ressaltar, esse passo depende de você, dono ou empregado de uma empresa. Mais que isso, entretanto, Criatividade S.A. mostra o tipo de empresa que eu, Camille, admiro e viso ter. São visões que não se encontram em qualquer lugar e que, acredito, realmente fazem a diferença entre o sucesso e a falência.

Não vou ficar contando toda a história da Pixar e de Ed Catmull, o livro faz isso muito melhor que eu, mas vou ressaltar alguns pontos que me chamaram atenção. Pense em Pixar (e eu sei que provavelmente você está pensando em Toy Story), você já imaginou o quanto essa empresa poderia não ser o que é hoje, se não fosse insistência e brilho nos olhos? Determinação?

Os donos da Pixar apostaram em ideias inovadoras em uma época que tudo poderia ser interessantíssimo, mas não havia investimento real para nada disso. Animação nas telonas? Será que isso vende? Faz sucesso? Star Wars foi o grande ápice das inovações, mas… E se fosse um filme inteiro de animação? Chamaria a mesma atenção?

Muitas vezes, a empresa se viu a beira da falência, precisando de dinheiro e repleta de ideias incríveis sobre o que poderia ter feito. Sabe o tanto de “não” que ouvimos todos os dias? Com ela aprendemos muito bem que basta um “sim” para demonstrarmos o nosso potencial e fazermos o que sabemos fazer.

Outra coisa que me chama atenção é o quanto eles prezam pelo bem estar. É o mesmo pensamento que o Google e Facebook aplicam: é você ter uma equipe realmente comprometida com a empresa, capaz e disposta a fazer o que for necessário para vê-la crescer. É vestir a camisa e confiar que cada um pode fazer isso sem deixar de viver.

É confiar que mesmo que a pessoa fique algum tempo no café, ela vai voltar e fazer o melhor que pode, pois vai estar feliz no que faz e disposta. Fico desnorteada ao pensar em quantas empresas não fazem isso e o quanto essa confiança e ação realmente fazem a diferença.

Criatividade S.A. foi um livro que sustentou minhas crenças e me fez pensar de outra forma em desafios. É um livro incrível e recomendo demais para quem não resiste ao meio empreendedor.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook