[Resenha] Doce Entrega, de Maya Banks

Doce Entrega
Autor(a): Maya Banks
Editora: Novo Século
Páginas: 352
Avaliação: 3.7
Capa: 3 Diagramação: 3 Conteúdo: 5

Capa e diagramação que deixam a desejar, conteúdo inesquecível

Gray Montgomery é um excelente policial de Dallas que vê seu destino mudar drasticamente quando seu parceiro de trabalho, Alex, é assassinado. O pai de Alex consegue uma ou outra informação que levará Gray até Houston.

Ao chegar lá, ele se vê empregado pela empresa de Pop, passando o dia a dia com a adorável Faith e seus irmãos de consideração Connor, Nathan e Micah. Cabe a Gray se aproximar e observar de perto Faith, afinal, tudo indica que ela tem ajudado financeiramente a mãe, que está namorando ou casada com o assassino de Alex.

Quanto mais tempo Gray passa com ela e os demais, mais ele se surpreende. Ela parece ser inocente, sem ter a menor ideia do que está acontecendo em sua família. Ao mesmo tempo, parece estar esperando o momento certo para perder outro tipo de inocência.

Em Doce Entrega, Faith procura um homem que possa lhe dar exatamente o que ela quer. Melhor, ela procura o homem que possa assumir o controle da forma como ela quer – tomar sem pedir, cuidar e se permitir ser cuidado.

E, claro, Gray é exatamente este homem. Entretanto, como ele vai ter certeza de que eles realmente gostam e procuram o mesmo tipo de relacionamento? Ele está cansado de jogos, ela não se excita com eles.

Além disso, há toda a questão de ele estar enganando-a até certo ponto. Em momento algum ela imagina que está sendo observada, ela sequer imagina que suas conversas dolorosas com a mãe estão sendo ouvidas! Descobrir isto naturalmente vai doer.

Sweet não é uma série recente de Maya Banks, e o público brasileiro vem solicitando sua publicação há muito tempo. Fica fácil saber o motivo: ela é, sem dúvida, melhor que as séries atuais.

Enquanto “Surrender” se foca apenas na questão da submissão, e não faz isso lá muito bem, aqui a submissão e o universo BDSM é – de forma contraditória – muito mais explorado, muito mais rígido e muito mais realista.

É muito verdade que o romance é o grande foco, mas em momento algum Maya Banks esquece dos outros elementos da narrativa. Também conhecemos as demais personagens o bastante para ficarmos ansiosos pelos próximos livros da série, desejando ver cada um encontrando e seguindo seu rumo.

A verdade é que foi difícil desapegar de Doce Entrega, terminar o livro (que li em apenas um dia!). Gray e Faith são envolventes, empolgantes, bem descritos e vivem de forma tão realista que queremos ver mais deles. Ainda assim, nenhum ponto fica faltando. É um livro completo em todos os sentidos.

Gosta da autora? Confira estas outras séries:

» Surrender: trilogia de BDSM
» Breathless: trilogia dos amigos Gabe, Jace e Ash
» KGI: série da empresa formada por ex-militares

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook