[Resenha] Doce Tatuagem, de Helena Hunting

Doce Tatuagem
Autor(a): Helena Hunting
Editora: Suma de Letras
Páginas: 50
Avaliação: 4
Capa: 4 Diagramação: 4 Conteúdo: 4

Quatro estrelas por ser tão curto (ainda que faça sentido)

Doce Tatuagem nos apresenta o universo de À Flor da Pele, um livro que me conquistou na sinopse e na capa, mas me deixou com aquela pulga de “será que vale a pena investir nele? Será que vai ser realmente bom?”. Por Doce Tatuagem, a novela que precede o livro, será maravilhoso.

Conhecemos Tenley, uma garota com 21 anos que já está indo fazer mestrado – algo que não fez tanto sentido para mim, mas, bom, ela deve ser brilhante mesmo, certo? Ela acabou de mudar de cidade, mas encontra a solidão, algo que, depois da sua experiência, jamais imaginou que sentiria.

Tenley observa Hayden, tatuador cujo estúdio fica bem em frente ao novo apartamento dela. Hayden, muito tatuado, moreno de olhos azuis e com alguns piercings também se interessa por ela.

Fica a curiosidade para o que vai se desenvolver. Doce Tatuagem dá uma prévia da parte hot e do romance, e me deixou muito curiosa para a continuação. Hayden tem jeito de badboy, mas não parece ser o babaca sobre o qual todos adoram escrever. Tenley parece inocente, mas ao mesmo tempo fica claro que é inteligente, então é uma personagem com potencial.

Acho que essa é a palavra chave: potencial. Vi muito potencial em Doce Tatuagem e só posso esperar e torcer para que À Flor da Pele cumpra com o que promete.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook