Resenha | Elliot Allagash, de Simon Rich

Elliot Allagash
Autor(a): Simon Rich
Editora: Planeta
Páginas: 224
Avaliação: 3.7
Capa: 4 Diagramação: 4 Conteúdo: 3

Seymour é um garoto que não tem amigos no colégio e passa o tempo jogando no videogame. Sua vida segue uma rotina sem graça até que um estranho o joga da escada e, passa a se sentar ao seu lado no almoço – sem trocar uma só palavra.

Quando esse estranho faz a proposta praticamente irrecusável de transforma-lo no garoto mais popular do colégio, Seymour a aceita. Afinal, ele não quer que sua mãe peça para a mãe de pessoas do colégio que enviem convites para festas.

É então que se inicia a longa tarefa de provar que o dinheiro compra tudo, inclusive popularidade. Começando pelo basquete, que ele não sabe jogar, Elliot – um garoto muito, muito rico – prova que pode barrar todo e qualquer obstáculo.

É com uma narrativa leve que Simon escreve o livro. Ao contrário do que se imagina, por já ter sido expulso de tantos colégios, Elliot não faz parte do grupo de garotos fortes, esportistas e populares. Ele prefere seu próprio canto, já que ser tão popular e não ser “ninguém” não têm tanta siferença.

Ao longo do livro, vamos conhecendo um pouco melhor os motivos que o levaram a criar uma espécie de projeto para Seymour. Sua família rica é, de certa forma, clássica pelo que lemos. Todavia, a família de Seymour tem lá suas peculiaridades, como ainda jogar religiosamente banco imobiliário.

O final foi feito como uma alternativa para a situação sem limites que foi criada. É inegável que Elliot Allagash o ajudou a crescer e foi o responsável pelos sucessos dele. Em troca, Elliot ganhou algo que nunca teve de verdade: um amigo.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook