[Resenha] Estranho Irresistível, de Christina Lauren

Estranho Irresistível
Autor(a): Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 288
Avaliação: 4.5
Capa: 4.5 Diagramação: 4 Conteúdo: 5

Literalmente irresistível, Max é único.

Finalmente Sara terminou o relacionamento com seu ex namorado que não entendia o significado da palavra “fiel”. Agora, decidida a recomeçar, ela se muda para Nova York e aceita o emprego que Bennett, noivo de sua melhor amiga, Chloe, ofereceu.

Seus objetivos são claros: trabalhar tanto quanto puder e não se envolver com nenhum homem. Simples, se logo na primeira noite de diversão ela não tivesse conhecido o investidor Max Stella, nem arriscado ser aquilo que ela jamais achou que seria.

Mas ela arriscou, e aproveitou. Ainda por cima conseguiu se tornar inesquecível para o homem que nunca se apega a ninguém, mas que, com certeza, está disposto a arriscar isso por ela.

Estranho Irresistível é sexy do início ao fim. Tem uma história por trás, já levemente explorada no primeiro livro da série, que é muito bem desenvolvida e nos faz torcer pelo casal incomum. E digo “incomum” porque Max, ao contrário do que parece, não é avesso à ideia de um relacionamento, só nunca tinha encontrado alguém que realmente valesse a pena.

Christina Lauren cria situações extremamente excitantes e personagens realistas que nos prendem à história sem nenhuma dificuldade. Particularmente, gosto do fato de Max não ser exatamente o esteriótipo de homem que odeia qualquer relacionamento duradouro. Ele, na verdade, é muito mais comum do que se imagina e isso, com certeza, torna-o único e irresistível.

É legal ver como Chloe e Bennett também acabam sendo inseridos na narrativa. Em segundo plano, é claro, mas não menos interessante e marcante. Não temos cenas sensuais deles, mas o amor está marcado em cada situação que ambos aparecem.

Atrai-me, também, o fato de que não são necessárias cem páginas para se apresentar o problema maior e resolvê-lo. Em momento algum entendi que a história estava me enrolando ou passando por algo desnecessário, um ponto que me atrai muito nesse tipo de narrativa.

Fiquei ansiosa para o último livro da trilogia, imaginando se ele será ainda melhor que esse.

Confira a resenha de outros volumes da série

Resenha Cretino Irresistível Resenha Playboy Irresistível

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

4 comentários

  1. ThaisPampado em

    Ainda não li nenhum livro da trilogia, e apesar de normalmente não me interessar por esse gênero, esses livros me atraíram. Eles parecem ter uma história por trás de tudo, e se é bem desenvolvida ainda melhor!

    Responder