[Resenha] Geração de Valor, de Flávio Augusto da Silva

Geração de Valor
Autor(a): Flávio Augusto da Silva
Editora: Sextante
Páginas: 208
Avaliação: 4.7
Capa: 5 Diagramação: 5 Conteúdo: 4

Bom para despertar o lado empreendedor das pessoas

Flávio Augusto da Silva cresceu em um ambiente não favorecido do Rio de Janeiro. E podia ainda estar morando lá, seguindo sua humilde vida, se não tivesse sonhado alto. Ele queria dinheiro? Então o teria.

Geração de Valor, inspirado na fanpage de Flávio, é basicamente um livro de auto-ajuda – mas ei, se você está esperando abraços apertados e mão acariciando a nuca, não vai encontrar. Flávio mostra, toda página, que só uma pessoa tem a capacidade de mudar seu futuro: você.

Parece óbvio, também é uma das coisas que eu sempre soube. Entretanto, ele mesmo fala, em um momento da vida você tem que escolher entre fazer o que você ama ou o que dá dinheiro.

Talvez você tenha sorte e ame fazer algo que naturalmente dê dinheiro, mas nunca foi meu caso. Fiz artes, não terminei, fui fazer Letras e não quero ser professora, ainda que admire muito todo o trabalho desses profissionais.

Escolhi um meio complicado, mas incrível e minha vida não é fácil em nenhum sentido. Financeiramente, muito menos. Não só isso, como além de querer fazer algo que, em geral, não dá dinheiro eu também sou incapaz de fazer diferente.

Eu escolhi a liberdade – que é muito mais importante para mim – ao conforto. Eu ainda poderia estar trabalhando na primeira empresa que me empregou, naquele mundo fechado, nada parecido com o meu, com pessoas que eu não admirava. Seria infeliz, mas talvez estivesse empregada e garantindo meus tostões importantes.

Acontece que o meio empreendedor é muito mais potente para mim. A forma de pensar é algo que me empolga, como todo mundo está disposto a vestir a camisa e fazer algo crescer me motiva e se eu posso fazer isso no meu meio, então eu quero.

É isso que Geração de Valor tenta passar. Tem muita gente que não concorda, tenho amigos que preferem a segurança, e se é isso que eles querem, quem sou eu para julgar? Este não é um livro para essas pessoas, é o livro para quem, como eu, acha que está fazendo errado ao escolher liberdade.

Ainda que não concorde com tudo que ele fala (eu, por exemplo, não tenho a menor vontade de abrir uma empresa), acredito que Geração de Valor é um ótimo guia para quem quer e não sabe ou não tem certeza de por onde começar.

Só um aviso: entrar nesse meio apaixonante é assumir que você gosta de trabalhar – mesmo que isso signifique virar noites se for necessário -, entender que o certo é sempre se cercar de pessoas incríveis e muito melhores que você. Principalmente, que a vontade precisa ser mais forte que tudo, porque não é nada fácil.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook