[Resenha] Mentirosos, de E. Lockhart

Mentirosos
Autor(a): E. Lockhart
Editora: Seguinte
Páginas: 272
Avaliação: 4.8
Capa: 5 Diagramação: 4.5 Conteúdo: 5

Instigante, perturbador, emocionante e muito surpreendente.

Mentirosos tem uma carga de drama familiar e romance em sua essência que não se consome do clichê, sendo, ao contrário, completamente inovador e inspirador.

Cadance é a neta mais velha da renomada, tradicional e extremamente conservadora família Sinclair que, aos trancos e barrancos, mantêm a fachaada da perfeição, escondendo, assim, a podridão da ganância e do preconceito existente nela.

Todo verão a família se reune na ilha particular dos Sinclair e é lá que os primos Cadance, Mirren e Johnny, juntamente com o amigo Gat, formam um inseparável grupo intitulado de “Mentirosos”. Grupo esse, que por muitos anos carrega o fardo de ter crescido em uma família rica, com pais mesquinhos e egoístas.

Porém, é no encontro de verão dos quinze anos dos amigos, que toda a verdade vem à tona e eles percebem o quão utópica é a perfeição dos Sinclair.

Agora, dois anos depois daquele fatídico verão, Cadance é uma garota devastada, perseguida por fortes enxaquecas e sem as recordações do que aconteceu no verão dos quinze, antes de ela ter sido encontrada na menor praia da ilha, sem parte de suas roupas.

A história desenrola-se com pequenos flashes de lembranças do verão em que tudo mudou e Cadance anota tudo de que se lembra para que possa finalmente entender o que fez sua família – e ela própria – passarem por intensas mudanças.

O fato é que muitas especulações são feitas, porém todas essas possibilidades vão sendo descartadas ao longo da trama e no final, no impactante final, descobrimos o grande segredo presente no drama familiar dos Mentirosos.

A conclusão dessa história me deixou sem chão, a ponto de me questionar diversas vezes se aquele seria o desfecho certo para a história de Cadance e, por fim, me assegurei de que era o desfecho perfeito, e o que tornava a leitura tão incrível e diferente de tudo que já li antes.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook