Resenha | O Bom do Amor, de Chris Melo e Laís Soares

O Bom do Amor
Autor(a): Chris Melo e Laís Soares
Editora: Fábrica231
Páginas: 88
Avaliação: 5
Capa: 5 Diagramação: 5 Conteúdo: 5

O Bom do Amor é um livro pequeno, com poucas páginas, mas que guarda quase todo o amor do mundo. Isso porque, ao trazer uma frase por página junto a uma ilustração, ele fala abertamente sobre todas as formas de amor. É — até mesmo pelo formato escolhido — uma abordagem bastante superficial, mas nem por isso menos fofa e agradável de se ler.

Com as frases escritas por Chris Melo, autora de Sob a Luz dos seus Olhos e Sob um milhão de estrelas, e ilustrações de Laís Soares, a delicadeza está estampada em cada momento. Com o mesmo tom e elementos que livros como Soppy (Fábrica231, 2016), o amor está descrito nos mais delicados momentos, como o cuidar e se permitir ser cuidado.

Resenha | O Bom do Amor, de Chris Melo e Laís Soares

É interessante como elas conseguem trazer a dinâmica de um relacionamento saudável para os desenhos. E, para conseguir isso, elas abordam o companheirismo, a conversa, o compartilhar desde uma música nova até os momentos mais exagerados da vida. Tudo isso sem deixar de citar os momentos mais intensos, como uma briga, por exemplo — ainda que sempre com um olhar otimista, de crescimento em conjunto.

É assim, na simplicidade, que O Bom do Amor se constrói e se firma. As ilustrações de Laís Soares são todas muito bem feitas e o tom meio aquarelado fica particularmente bonito frente às frases e seus significados. Simplesmente combina.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook