Resenha | O Bom Partido, de Carly Philips

O Bom Partido
Autor(a): Carly Phillips
Editora: Essência
Páginas: 288
Avaliação: 4.2
Capa: 5 Diagramação: 4 Conteúdo: 3.5

O segundo livro da trilogia Irmãos Chandler é menos engraçado que o primeiro, sua história é razoavelmente desenvolvida no quesito romance. Já para falar dos personagens e suas histórias, é inegável o talento de Carly Philips nas descrições e imaginação para criar um passado que transforma o Chandler em questão quem ele é.

Com a mãe, Rina, querendo casar os três filhos que fazem o perfil ‘lindo, maravilhoso e canalha’, chega a vez de Rick ser o alvo, após seu irmão, Roman, ter casado com Charlotte. O problema é que Rick sabe o que quer, e sabe que as mulheres que a mãe colocam para correr atrás dele são exatamente o oposto disso – por mais que elas não neguem jamais a paixão secreta por Rick, o policial. As coisas começam a mudar quando recebe um chamado de uma mulher, Kendall, vestida de noiva, cabelo rosa e com problemas no carro.

Após alguns testes, ele chega a conclusão que ela não está no plano de Rina, o que faz a atração entre eles aumentar consideravelmente. O que é um acordo para o bem de ambos – sabendo que a estadia de Kendall será curta – vira nada mais que sexo, que, então, permite uma aproximação de ambos mais íntima que qualquer coisa antes vivida por eles.

Em geral, a história de O Bom Partido é boa para um chick lit. Tem os ‘pré-requisitos’, por assim dizer, para se fazer uma boa história. Faltou um desenvolvimento no romance que permitisse a entrada do leitor, seja numa identificação, seja em um sentimento. Seria errado dizer que são coisas que nunca ocorrem, e são exatamente nos momentos em que ocorrem que a leitura se torna agradável, engraçada e boa. Nos outros não há nenhum diferencial da história que a torne imperdível.

O livro em si não é inesquecível, mas tem sim bons personagens e uma história interessante. É legal ver Roman e Charlotte neste livro, mesmo que – claro – como secundários, mata um pouco a curiosidade e dá uma continuidade ao primeiro livro que, mais que esperada, era desejada. Como uma leitura passatempo, ele cumpre seu papel e é bom.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

4 comentários

  1. Rafaela Regis em

    Aiiii!!!

    Meu sonho!! Essa trilogia parece ser muito boa!! Vi os dois primeiros em promoção .. mas vou esperar para comprar os 3 juntos…

    =*

    Responder
  2. LaViratta em

    Parece ser um livro bem divertido e light pra ler, me interessei.

    Abraços!

    Responder
  3. Erica Marts em

    Faz tempo que não leio um chick lit.
    A maldição do 2° livro de série parece ter atingido O Bom Partido também. Vou procurar esses livros da série pra ler, gostei da trama da mãe-querendo-casar-os-filhos.

    Responder
  4. Davi Araújo em

    Esses livros assim geralmente é umaa leitura passatempo. chick lit é um estilo que não curto entao não leria. Mas até que gosto de comédia romantica. Até curto uns filmes com histórias meio parecidas.

    Responder