[Resenha] O Projeto Rosie, de Graeme Simsion

O Projeto Rosie
Autor(a): Graeme Simsion
Editora: Record
Páginas: 308
Avaliação: 4.5
Capa: 4 Diagramação: 4.5 Conteúdo: 5

Vale a pena ter na estante e reler de vez em quando.

Don Tillman quase desistiu do amor. Chegando aos 40 anos, sua experiência com mulheres é baseada em relacionamentos frustrantes. Seja pelos sorvetes que uma não tomava, pelo fato de outra fumar ou o atraso excessivo que resultava em uma perda de tempo fenomenal, ele quase estava conformado com nunca encontrar ninguém para ele.

Mas, claro, não sem antes tomar uma última iniciativa. É quando surge o Projeto Esposa: um questionário de longas páginas com respostas certas, erradas e aceitáveis para facilitar o encontro com a mulher ideal.

Com ajuda de seu amigo e psicólogo Gene – que faz uma “pesquisa de campo” sexual na qual precisa transar com uma mulher de cada país – e sua mulher, Cláudia, ele melhora seu questionário e dá início ao processo seletivo.

Até Gene decidir tomar as rédeas e apresentar Rosie à Don. Só que Rosie se atrasa, é vegetariana, tem um sabor de sorvete preferido e fuma. Em outras palavras, ela não poderia ser a pessoa mais errada para o Projeto.

E ele teria simplesmente se afastado se ela não quisesse descobrir quem é seu verdadeiro pai e ele não fosse um geneticista que não se deixa desistir.

Essa trama dá início ao livro de Graeme Simsion que, acima de romântico, é extremamente engraçado. Don é peculiar, metódico e faz os outros rirem não por suas piadas ou sacadas (pelo menos não geralmente), mas sim pelas suas ações, falas e reações: a graça é sempre ele mesmo.

E é impossível não concordar com isso quando ele aprende a dançar com um esqueleto ou se encontra em situações que exigem respostas rápidas.

Sim, em muitos aspectos ele lembra a personagem Sheldon de The Big Bang Theory, mas sem a aversão à sexo, a falta de interesse nas mulheres e os detalhes que o tornam único. Don é inocente, é divertido, é obviamente engraçado e muito fofo. Ele deixa claro que existem coisas que a lógica não pode, e nunca vai, explicar.

O Projeto Rosie foi uma surpresa agradável e, talvez por imaginar algo completamente diferente, foi natural me envolver tanto na leitura, daquele tipo que a gente não para de ler até que termine.

Não fiquei relendo para me demorar mais, entretanto quis o tempo todo mostrar o quanto o livro tinha de positivo e não faltaram fotos e comentários sobre as cenas que Graeme escreve.

É uma dica incrível para quem procura algo descontraído, mas que tem lá seus momentos reflexivos interessantes. Qualquer um que estiver desanimado vai rir em meio à leitura, os apaixonados vão ter o “own” preso na garganta e todo leitor voraz vai ficar satisfeito com a leitura.

Não dá para esquecer ou não ter, vale a pena ter na estante e reler de vez em quando.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

2 comentários

  1. Babi Lorentz em

    Eu estou adorando o livro. O Don é super engraçadinho e eu direto me pego lendo o livro imaginando a voz do Sheldon porque eles realmente se parecem em algumas coisas…
    Beijos.

    Responder