[Resenha] Perguntas Indiscretas e Outros Contos e Crônicas

Perguntas Indiscretas
Autor(a): Éber Sander
Editora: Berto
Páginas: 74
Avaliação: 2.8
Capa: 2 Diagramação: 3 Conteúdo: 3.5

Éber Sander foi uma surpresa extremamente agradável. Seu livro conta com aproximadamente vinte e quatro contos, sendo o primeiro marcante não só por ser a crônica que dá nome ao livro, como também por ser extremamente bem escrito e inteligente, que se inicia com uma das perguntas mais rotineiras (e indiscretas!) que pode ser feita.

O último conto de Perguntas Indiscretas, chamado, “Vivendo e morrendo sem tempo” me faz pensar se não é um gancho para seu segundo livro “Eu morri mais tempo”.

Alguns de seus textos são mais intimistas, parecem ser feitos para falar dos sentimentos vivenciados por ele mesmo, assim como algumas ações. São os casos de “Quando a inspiração não vem”, “Cansei, de verdade!” e “Desejo a você”.

“O eleitor” e “Personagem de uma zona” fazem críticas nas entrelinhas que fazem do texto mais genial ainda, em meio ao ser discreto e não tão discreto assim. “O grande acontecimento” foi um dos poucos, entretanto, que me deixaram com vontade de querer ler mais, apesar de, claro, também conter início meio e fim é daqueles que abre um ar de curiosidade que não se encerra, propositalmente.

O livro traz situações facilmente vistas em nosso cotidiano, e que permitem a relação leitor-personagem perfeitamente bem. A identificação em diversas partes é totalmente possível, e é até frequente. Ainda assim, mesmo quando não há uma aproximação no sentido de identificação direta com a personagem, são sentimentos já vividos, ou algo já ocorrido com alguém que que conhecemos.

Éber Sander não desaponta, muito pelo contrário, surpreende com sua narrativa impressionante e forma de escrever muito bem desenvolvida e literária – ainda que se tratando de contos. Ou crônicas. É um livro que vale a pena ser lido e deixado ao lado para quando se quiser uma diversão extra.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

2 comentários

  1. Davi Araújo em

    Não gosto muito livro de contos, mas atpe que fiquei curioso. Sempre é bom ter um diversão extra. rs

    Responder
  2. Erica Marts em

    Então esse é o primeiro livro do autor.
    Não leio muitos livros de contos mas vou procurar esse.
    Quero saber que pergunta é essa do primeiro conto. kkk

    Responder