[Resenha] Príncipe Sombrio, de Christine Feehan

O Príncipe Sombrio
Autor(a): Christine Feehan
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 486
Avaliação: 4.3
Capa: 5 Diagramação: 4 Conteúdo: 4

Se me pedissem para resumir Príncipe Sombrio em uma única palavra eu diria: incrível. Cárpatos são seres sobrenaturais que se alimentam de sangue, mas não necessariamente são vampiros.

Eles podem virar vampiros, os seres temerosos que todos conhecem, caso não encontrem uma companheira para, de certa forma, iluminar suas vidas e fazê-los voltar a enxergar cores no preto e branco.

São elas que dão apoio aos seus homens, sempre tão protetores e amantes fiéis, que não medem esforços para fazê-las feliz, e estão ao seu lado independente do momento. Claro, em mente, pois mulheres de cárpatos jamais podem correr perigo.

Mikhail é o príncipe desse povo, e está com problemas. Após anos de luta contínua para manter viva sua espécie – que está extinta, já que não se nascem mais mulheres, apenas homens – ele carrega nas costas muitas mortes.

Foi obrigado a matar antigos amigos que tinham perdido a luta contra a escuridão e se submetido ao horror que é ser vampiro. Até que, em meio a seu desespero, ele ouve no fundo de sua mente uma voz feminina desconhecida. Pior, humana. Humanos com poderes sobrenaturais? Quem é essa humana que vê seu sofrimento e se dispõe a ajudá-lo?

Christine tem uma escrita contagiante, e é impossível largar o livro até que se chegue à última página, ansiando pelo próximo da série. Descreve com perfeição cenas de amor e luta, faz da espécie cárpato algo apaixonante sem se tornar meloso demais. É aventura do início ao fim, sentimentos entendíveis e muito bem desenvolvidos, personalidades de personagens extremamente bem construídas, sem anulação de nenhuma característica marcante.

Ela não exagera nas ações ou reações. Tudo se torna aceitável, decente, bom, e até mesmo possível independentemente da situação. É completamente coerente com a lógica que cria e não existem momentos que sejam dramáticos demais – a não aceitação esperada de uma série de situações tem sim suas consequências. O amor supera tudo, mas ninguém disse que seria fácil, ou simples, ou que traria mudanças nos seres que ali vivem.

Raven é a esperança, mas nem por isso se torna especial a ponto de se destacar de forma a assumir um poder que não tem. Ela vai conhecendo aos poucos o mundo paralelo que existe, aprende com ele, e passa seu aprendizado também. É uma mistura que leva à felicidade, mesmo com suas limitações.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

12 comentários

  1. Rissia em

    Ai eu to doi pra ler esse livro ! É um romance hot , pelo o que eu ouvi falar ! Muito hot ! Parace ser uma historia bem interessante ! Quero esse livro na minha estante ! Amei a resenha ! Muito bom ! Beijos !

    Responder
  2. Ingrid em

    Maravilhoso aguardando mais comentários!Muiito desejado!!!

    Responder
  3. Carol Ordonha em

    Nossa!!!! Já ouvi muita gente falando muito bem desse livro, e cada vez que eu leio alguma resenha dele fico ainda mais com vontade de lê-lo!!
    Fora que a capa é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A hahaha
    Um outro ponto positivo é que está ficando difícil encontrar livros com mais de 400 páginas, e esse é uma exceção!!
    Já o coloquei em minha wishlist =D

    Responder
  4. Mayara Mello em

    Eu adorei esse livro! Foi dificílimo fazer a resenha pro meu blog, até agora não consigo transcrever em palavras tudo que sentir ao ler esse livro.

    Beijinhos,
    May ;*

    Responder
  5. Silvia Ties em

    Um livro q recebe 5 estrelas, merece um pouco mais de atenção!!amei a resenha e tenho lido muita coisa positiva sobre o livro..acabei de comprar o meu ontem no Sub. e tó mega ansiosa pra ler!!!

    @Silviasweets

    bjus

    Responder
  6. Daniele Moreira em

    Tô louca pra ler o livro, tá todo mundo falando dele, já li várias resenhas e todas são ótimas *-*

    Responder
  7. Cárpatos não é novidade pra mim. Li os mais de 20 da série antes mesmo de ser publicado no Brasil, mas é muito bom poder tê-los na minha estante.

    Sou suspeita pra falar porque devoro tudo que a Christine feehan escreve.

    Responder
  8. Carolina Konrdorfer em

    Meu deeeus! preciso desse livro.parece ser muito muito bom! ainda mais lendo a sua resenha, fiquei ainda mais empolgada com ele.

    beijoss

    Responder
  9. Eremita em

    Ainda não li nada dessa autora… to curiosíssima…
    Livro com quase 500 páginas? Obaaa! Os livros hoje em dia andam tão superficiais, parece que empurram uma história sem qualquer desenvolvimento real.
    Quando ouço falar de livro mais longo e trabalhado já entra pra minha listinha… 😀

    Responder
  10. Maria Eduarda Costa Wimmer em

    Vi muitas criticas ruins desse livro, de muitos erros ortrograficos e etc…
    E realmente não tenho curiosidade para le-lo, não por enquanto.

    Beijos.
    Duda

    Responder
  11. Fiama Ties em

    Acadei de comprar esse livro e to mega ansiosa pra le-lo!!
    amei a resenha…e se Mikhail é capaz de deixar-me intrigada só com a resenha, imaginem com o livro!!!

    bjus

    @FiamaLuna

    Responder
  12. Anna Luiza Nery em

    Muita gente está falando bem desse livro! Fiquei muito curiosa para ler!

    Responder