[Resenha] Problemas à Vista, de Rachel Gibson

Problemas à Vista
Autor(a): Rachel Gibson
Editora: Pandorga
Páginas: 320
Avaliação: 3.7
Capa: 4.5 Diagramação: 2.5 Conteúdo: 4

Diagramação que atrapalha muito a leitura

Chelsea Ross queria ser atriz, mas seu sucesso em filmes de terror foram tão grandes que ela acabou decidindo voltar para a casa de sua irmã antes de tentar novamente a vida em Hollywood.

O trabalho que a aguarda é com Mark Bressler, o sucesso do Seattle Chinooks cuja carreira foi por água abaixo após um acidente terrível em um dos jogos. Mal humorado e irritante, ele está determinado a fazê-la desistir de ser assistente dele.

Mal ele sabe que ela está determinada a aturá-lo por três malditos meses e garantir dinheiro suficiente para reduzir os seios e voltar à vida Hollywoodiana.

Claro que tanto ódio não poderia ficar assim, à deriva, como se fosse apenas isso: ódio. Ainda mais considerando a personalidade otimista, irônica e firme de Chelsea. E, já sabemos, ódio e amor andam de mãos dadas…

Quando Mark começa a ter reações com Chelsea que não tinha com mais ninguém, fica muito claro como as coisas entre eles estão mudando. O que mais gosto de Rachel Gibson é como ela consegue escrever este processo de forma bem natural.

Gosto também das personalidades das personagens – tanto estas duas quanto a irmã de Chelsea que fica no meio termo entre achar a irmã um fracasso ou não. A narrativa pode prender a atenção e fazer as páginas saltarem dos seus olhos (vinte páginas passam em um segundo).

O grande problema, entretanto, está na diagramação. Especificamente na fonte escolhida para toda a narrativa do livro. Problemas à Vista é uma leitura leve, mas acaba sendo cansativa pela fonte escolhida, que não ajuda a leitura.

Se ela tivesse sido usada apenas no início de cada capítulo, seria charmoso. Em todos, entretanto, foi bem ruim e me atrapalhou muito. Inclusive, tirou-me a vontade de continuar a leitura sem parar.

Nunca demorei tanto para ler um livro da Rachel, e depois de muito avaliar percebi que Problemas à Vista tinha tudo para ser mais um sucesso, se a fonte não tivesse me incomodado tanto.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook