Resenha | Procura-se um Marido, de Carina Rissi

Procura-se um Marido
Autor(a): Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 474
Avaliação: 4
Capa: 4 Diagramação: 4 Conteúdo: 4

Linguagem acessível e um chick lit de qualidade.

Alicia é uma mulher pouco ajuizada e rica cujos pais morreram quando ainda era muito pequena. Agora, com seus vinte e poucos anos, ela se vê obrigada a dizer adeus à quem mais ama: seu avô, Narciso.

Presidente do Conglomerado Lima, ele deixa um testamento que vira a vida de Alicia de ponta cabeça: agora ela não só não vai poder passar os dias de luto chorando em casa, como vai ter que ir trabalhar na L&L Cosméticos para aprender o valor real do trabalho e como ganhar dinheiro pode ser difícil.

Então, a saga bem humorada da menina-mulher se inicia. São encontros com Max – um homem que literalmente é um “maximus” (piadinha retirada do livro) – e que não é absolutamente nada do que aparentava ser, além de planos e saídas com a melhor amiga, Mariana, e um emprego que não é nada como ela esperava. Por sinal, ela sequer conhecia o horror do transporte público!

Alicia se vê determinada a sair da situação pelo único jeito que resta: arrumar um marido, conseguir sua herança e por fim ao grande mal entendido que o próprio advogado cisma em complicar cada vez mais.

Carina Rissi tem uma linguagem acessível e é uma das poucas escritoras nacionais que escrevem, de fato, um chick lit – e dos bons. A literatura é para jovens adultos e é adaptada à realidade brasileira, ainda que seja um pouco incômodo ver mulheres de 25 anos tão dependentes dos pais (como, por exemplo, a mãe mandando-as ir dormir porque no dia seguinte elas irão trabalhar), foi o único ponto – a infantilidade, justificada até certo ponto pelo jeito de ser de Alicia – que questionei no livro.

Quando a leitura engata, o que definitivamente não demora a acontecer, é impossível desgrudar os olhos das páginas de Procura-se um Marido. Queremos conhecer mais Alicia, porque mesmo com a história sendo contada por ela mesma vamos conhecendo-a aos poucos, quase junto com Max – o que torna tudo interessante e inovador.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

7 comentários

  1. Fernanda Ohashi em

    Ai eu quero que meu livro chegue logo! todas essas resenhas estão me enlouquecendo ^^ adorei Perdida da Carina e não vejo a hora de ler esse e conhecer o Max 😀

    Responder
  2. Jois_Duarte em

    Não li ainda, mas confesso que estou surpresa com tantas resenhas positivas.

    Responder
  3. Babi Lorentz em

    Quero descobrir o que a Alicia faaz!! 😀 Parece ser um chick-lit super bacana e engraçado, então claro que estou morrendo de vontade de ler.
    Adorei a resenha. ^^
    Beijos.

    Responder
  4. Maria Trindade em

    Quero tanto ler esse livro espero ter tempo pra poder ler ;(

    Responder
  5. Carissa Vieira em

    Está na minha lista. Quero muito ler.

    Responder