[Resenha] Quando Uma Garota Entra em um Bar, de Helena S. Paige

Quando Uma Garota Entra em um Bar
Autor(a): Helena S. Paige
Editora: Novo Conceito
Páginas: 241
Avaliação: 3
Capa: 3 Diagramação: 3.5 Conteúdo: 2.5

Por Amanda Tavares
exclusivamente para o Beletristas

Quando Uma Garota Entra em Um Bar é legalzinho! Esta é a palavra: legalzinho.

O livro é feito para você se colocar no papel da personagem principal e eu achei isso criativo. Este tipo de interação deu ao livro um algo a mais, que se não existisse, seria uma história clichê como outra qualquer. É aquela coisa de: se você quer beijar o cara do lado, vá para a página 100, se quer tomar uma cerveja, vá para a página 87. Só que…

Bem, na minha “versão” da história, tudo aconteceu muito rápido. Eu cheguei ao FIM em cerca de uma hora e aí acabou a graça, acabou o livro. Gente? O que é isso?

Quando comecei a ler, pensei que, apesar de todas as opções, eu passaria pelo livro todo ao longo das minhas escolhas. Mas não, o livro vai te mandando pra um caminho que em breve você vê o FIM.

Eu até voltei e fiz outras alternativas da história, mas aí já tinha perdido a graça e ficou aquela sensação de: está faltando algo nesse livro. E é isso que acontece, falta algo. Falta história, conteúdo, tramas, mais coisas. A sensação que me deu no final foi que li um conto. É isso aí, não foi um livro e sim um conto. Que frustrante.

Eu dou 3 estrelinhas pela criatividade e por ter gostado de entrar na pele da personagem, embora ela seja bem avançadinha pro meu tipo.

E como a leitura é rápida, não há muito o que falar na resenha. Apenas que você vai pro bar encontrar sua amiga e ela lhe dá um bolo. Ela não aparece porque ficou presa no trabalho e aí você começa a tomar decisões baseadas nas opções que as autoras te dão, até decidir o rumo final da história. O resto não dá pra falar, afinal cada pessoa vai escolher uma situação diferente para terminar sua noite.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook

1 comentário

  1. Babi Lorentz em

    Comecei a ler, mas não gostei do que as autoras inventaram para te colocar como personagem. Queria ver a história de alguém, não fazer o papel de uma pessoa… :S Acabei abandonando a leitura.
    Beijos.

    Responder