Resenha | Recomeços, de K.A. Robinson

Recomeços
Autor(a): K.A. Robinson
Editora: Rocco
Páginas: 320
Avaliação: 3.7
Capa: 4 Diagramação: 4.5 Conteúdo: 2.5

Recomeços se inicia com a aparição da mãe de Chloe, tema que já foi abordado, ainda que superficialmente, no primeiro volume da série, Cicatrizes. Chloe sabe que, se a mãe está batendo na porta da sua casa, é sinal de que ela quer alguma coisa.

E, de fato, quer: a tia de Chloe está doente e, como último desejo, quer encontrá-la. Para conseguir isso, faz com que Andrea (a mãe insuportável) vá atrás da menina; Andrea só conseguirá sua parte do que está escrito no testamento se conseguir que Chloe visite a tia no hospital. O interesse é única e exclusivamente financeiro.

Logo no primeiro, fica claro que os problemas que encontrei no primeiro volume não foram resolvidos para o segundo. A relação entre Chloe e Logan, seu melhor amigo, continua beirando o abusivo – o que, na verdade, foi exatamente o que achei que aconteceu no primeiro livro, mas nesse está disfarçado de amizade e da proteção que um amigo pode oferecer à melhor amiga.

Drake continua estourado. Na ânsia de defender Chloe da mãe, ele proporciona cenas que, na minha opinião, não passam proteção, mas sim exageros e acabam caindo no ridículo. Os capítulos alternados são uma boa jogada, mas simplesmente não consigo me conectar com Drake; muitas vezes suas atitudes só não batem com a imagem que a autora quis formar da personagem (o cara que deveria ser forte, nada desajeitado e firme passa 5 minutos pulando em cima da mala de um carro para fechá-la?).

Apesar dos muitos defeitos, assim como o primeiro, este foi um livro que li rapidamente. A leitura de alguma forma flui, e o leitor não passa muito tempo preso aos capítulos, páginas ou situações. O final foi bom, com aquele ar de esperança para melhorias da série, foi bom ver Drake e Chloe se resolvendo da forma que foi, de uma forma bem clássica para o gênero novo adulto.

Recomeços tem uma proposta boa, ainda que falhe um tanto na execução. Para quem gosta de histórias clichês e romances que são legais, mas sem nada de particularmente surpreendentes, vale a leitura.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook