[Resenha] Segunda Natureza, de Nora Roberts

Segunda Natureza
Autor(a): Nora Roberts
Editora: Harlequin
Páginas: 250
Avaliação: 3
Capa: 1.5 Diagramação: 2.5 Conteúdo: 5

Lee Radcliffe é uma jornalista ambiciosa que não admite nada diferente de sucesso. Por isso fazer uma entrevista com o escritor bem sucedido Hunter Brown acaba sendo tão importante pra ela. Onde ele está? Como ele é?

Por que optou por escrever uma literatura tão assustadora? Como ele consegue escrever livros que, ao mesmo tempo, dão tanto medo e prendem a atenção do leitor? São perguntas que, pelo menos para ela, precisam de uma resposta.

Sua dedicação começa em tentar achar Hunter, cuja vida pessoal não chega perto da mídia. Seus livros não tem sequer uma foto dele, fazendo-a imaginar um homem sombrio e muito, muito estranho. A oportunidade aparece três meses depois, quando uma fonte descobre que ele estará num congresso de escritores.

Lee logo se inscreve e vai ao encontro do tão falado escritor. Satisfeita e certa de que irá conseguir tirar todas as informações de que precisa para fazer mais uma matéria de sucesso.

Mas, talvez, seus planos mudem quando descobre quem é Hunter e as sensações que ele a faz sentir. Fazendo-a aceitar ir para acampar durante duas semanas em Oak Creek Canyon. Até porque, se ela sobreviver às duas semanas, ele dará à ela a entrevista que tanto quer.

Nora Roberts não decepciona em Segunda Natureza, construindo personagens tão interessantes e profundos que o leitor tem que se permitir notar os menores detalhes. Romance não meloso, que dá prazer de ler.