Resenha | Somos Todos Extraordinários, de R.J. Palacio

Somos Todos Extraordinários
Autor(a): R.J. Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 32
Avaliação: 5
Capa: 5 Diagramação: 5 Conteúdo: 5

Auggie Pullman está de volta para mais um livro baseado no romance de R.J. Palacio, Extraordinário (Intrínseca, 2013, confira resenha). Dessa vez, a história é narrada de uma forma bem mais simples, claramente voltada para crianças, com ilustrações belíssimas criadas pela própria autora.

Para quem não conhece, Extraordinário narra a história de um garoto (Auggie) que, como ele mesmo define, não é um garoto comum. Ele faz coisas comuns: anda de bicicleta, brinca com a cachorrinha, toma sorvete; mas sua aparência está longe de qualquer coisa similar ao comum.

No quinto ano do colégio, ele entende pela própria família que é extraordinário – algo que a própria mãe fala para ele. Infelizmente, isso não é algo que toda e qualquer pessoa consegue saber: a maioria aponta, ri e faz comentários, mesmo sabendo que o garoto está ouvindo. A maioria só vê seu rosto incomum, e o define a partir disso.

A Terra é muito grande. Cabe todo tipo de gente.

Mais uma vez R.J. Palacio trabalha o tema de forma delicada e inteligente. Com ilustrações muito bem elaboradas, mas sem fugir da simplicidade que a história pede, ela narra de forma sucinta um pouco da vida de Auggie – e mais uma vez mostra que ele, eu, você, todos nós, somos extraordinários da nossa própria maneira.

O livro é infantil, portanto as frases são curtas e diretas, levando mensagens que cabem em poucas palavras, mas que são capazes de se mostrar realmente relevantes para quem ainda está em formação. E vale como introdução para, futuramente, ser lido o livro que deu origem a este.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook