Resumo | Halo, de Alexandra Adornetto

Halo
Autor(a): Alexandra Adornetto
Editora: Agir
Páginas: 472
Avaliação: 3.8
Capa: 5 Diagramação: 3 Conteúdo: 3.5

Bethany, Ivy e Gabriel são anjos de “níveis” diferentes e foram enviados à Terra com o mero objetivo de fazer ressurgir o bem, a paz e a bondade. Gabriel e Ivy já estavam acostumados com o corpo de um ser humano e suas emoções.

Sabiam como lidar com coisas do dia-a-dia, coisa que Bethany – por conta da sua inexperiência – não sabia, mas esforçava-se para aprender. Afinal, foi chamada para a missão exatamente por se identificar e se admirar com os humanos de uma forma única.

Chegando à Terra, passa a ter que lidar com o fato de ter olhos que eram sensíveis a – isso mesmo! – escuridão, pés que tinham que se acostumar com o chão que tocavam, sons e ruídos que eram completamente incomuns e lhe davam dor de cabeça.

Aos poucos se acostuma com tais sensações e, junto à Gabriel, começa a ir para a escola local, pronta para “plantar o bem” sempre que possível; mantendo, claro, uma distância segura de todos os seres humanos. Já Gabriel se torna um professor e, diga-se de passagem, é desejado por várias alunas. Por fim, Ivy assume uma postura de mãe daquela família.

Tudo se encaminharia bem se o motivo que levara Beth até aquela missão não acabasse por interromper na mesma. Talvez se aquele garoto, chamado Xavier, que tinha em seu passado uma história triste, não tivesse a encantado logo assim que se encontraram casualmente, as coisas poderiam ser diferentes.

Para complicar mais ainda essa vinda à Terra, um outro garoto tem como missão atrapalhar o máximo possível o trabalho de Ivy, Gabriel e Bethany e juntar pessoas para intensificar as forças malignas.

Com uma escrita interessante, Alexandra consegue prender a atenção no livro mesmo quando tudo parece clichê. A diagramação do livro é muito bonita e agrada mais ainda a leitura. Um livro tranquilo, que vale a pena ser lido.

Deixe seu comentário

* campos requeridos

Comentar via Facebook